Seja Bem Vindo

2.7.12

Muitas vezes as pessoas correm atrás de textos sobre astrologia para "saber o que vai acontecer". E muitos veem a astrologia como oráculo ou forma de adivinhação. Hmmm... Será?
Mais ou menos. A astrologia parte do pressuposto de que o movimento dos astros tem uma correlação com o que acontece na vida dos homens, mas isso não foi estabelecido de forma aleatória.
Alguns de vocês já devem ter ouvido falar naquela máxima de Hermes Trismegisto, segundo a qual "tudo o que está em cima é como o que está embaixo", e vice-versa. Os antigos tinham a noção de microcosmo e de macrocosmo, segundo a qual cada coisa ou ser existente consiste numa pequena rede ou universo, conectado a uma rede ou universo maior, que, por sua vez, está conectado a outra rede ou universo maior e assim sucessivamente.
Justamente por estar ligado a uma rede ou universo, o pequeno universo que constitui cada ser humano sofre reflexos do que acontece no universo maior. Especificamente em relação aos astros, percebeu-se que o movimento de cada planeta era um indicativo de energias ou situações que poderiam afetar os homens, de acordo com a sua própria relação estabelecida com esses planetas no momento do nascimento.
Notem que usei a palavra indicativo. Sim, as consequências de cada movimento dos astros são apenas dicas, tendências. Isto porque todos somos dotados de uma qualidade maravilhosa que só poderia mesmo ter sido concedida por um Deus incrivelmente justo e bom: o livre-arbítrio. Ou seja, quaisquer situações que se apresentem em decorrência da interligação dos universos, o do homem e o dos astros, só tomarão corpo, só serão aproveitadas ou evitadas se o próprio homem assim o quiser.
Vista dessa forma, a astrologia acaba sendo mais parecida com um informativo do trânsito do que com algo fora do normal, "esotérico", adivinhatório. E é essa visão a minha preferida, pois ela permite que conheçamos uma pessoa a fundo e possamos auxiliá-la a desenvolver potenciais e corrigir defeitos. Ao mesmo tempo, as dicas decorrentes da observação dos astros servem como avisos de estrada vazia ou de acidente na pista: saia de casa sabendo o que te espera - ou nem saia...
Mas é sempre você que decide no final. Portanto, quando se deparar com as dicas semanais ou mesmo com as dicas diárias (que podem nem ser para o seu signo), encare-as como auxílios ou desafios que você pode manipular conforme bem entender. Afinal, você é um ser humano, dotado de consciência, e não um mero objeto colocado de lá para cá por vontade de uma força sobrenatural. Lembre-se disso!


Nathalia Fernandes




imagem: google

Copyright © As novas da Grande Arte | Powered by Blogger