Seja Bem Vindo

5.1.16



imagem: divulgação


Independente de você concordar ou não, existe um forte presságio sobre cruzar com um gato preto na rua. Eu mesma já ouvi diversas histórias curiosas.

Assim como muitas pessoas foram mortas no período de Inquisição, gatos pretos também... mas a origem dessa superstição iniciou bem antes, no Antigo Egito. Eles que sempre idolatraram os gatos, acreditavam que quando você cruzasse com um gato preto estava cruzando também com boa sorte em sua caminhada. Foi somente a partir da Idade Média que este mesmo presságio mudou de sorte para azar quando na Inglaterra, o Rei Charles I perdeu o seu gato preto que faleceu e no dia seguinte foi preso por alta traição, levando-o a pensar que a sorte havia ido embora junto com a vida do seu gato.

Na Idade Média gatos pretos eram associados como companheiros de bruxas e alguns acreditavam que podia até mesmo ser elas disfarçadas. Por isso que muitos foram queimados juntos com suas donas, salvo alguns que tinham alguns pelinhos de outra cor, que na época achavam que seria um sinal dos anjos de que aquele gato específico deveria viver.

Crenças culturais à parte, hoje o Instituto Nacional de Saúde dos EUA estuda o fato do genes que dá a coloração preta ao pelo também o favorece na imunidade da infecção ao HIV felino. Isso, ao meu ponto de vista parece bastante sorte!

 Gatos são enigmáticos e misteriosos já que fazem questão de manter a sua natureza instintiva mesmo por séculos de influências dos nossos lares e isso já merece o nosso respeito.


Binha Martins




Copyright © As novas da Grande Arte | Powered by Blogger